TerraEsportesMundial 2002
  Mundial 2002 em: Argentina | Brasil | Costa Rica | Espanha | EUA | México | Uruguai
 Ligado no Mundial
Tudo o que você encontra na cobertura especial do Terra
Brasil desbanca Alemanha e fatura o penta
 

Domingo, 30 de junho de 2002, 09h46

Fábio Takahashi

São Paulo - O Brasil cravou a hegemonia no futebol até pelo menos 2014 neste domingo, em Yokohoma, no Japão. O time de Luiz Felipe Scolari bateu a Alemanha por 2 a 0 e faturou o pentacampeonato.

No próximo Mundial, em 2006, na Alemanha, a equipe da casa e a Itália só podem chegar ao quarto título.

Ronaldo balançou as redes duas vezes, terminou a competição como artilheiro com oito e se igualou ao número de gols de Pelé em Copas (12), além de quebrar marca de 28 anos.

Brasileiros e alemães chegaram à decisão como recordistas em finais - cada um chegou em sete. Apesar da tradição, as duas equipes nunca haviam se enfrentado em Copas.

O Brasil terminou a competição com o melhor ataque - 18 gols - e com 100% de aproveitamento. Já a Alemanha entrou em campo como a defesa menos vazada e só não havia vencido uma partida - contra a Irlanda na fase de classificação.

O JOGO

A Seleção começou com muita classe, esbanjando até toques de calcanhar. Aos poucos, a Alemanha foi ganhando confiança e equilibrou a partida.

O time europeu só atacava pela direita, buscando os cruzamentos na área. Mas os zagueiros brasileiros estiveram bem e não deixaram Marcos levar nenhum susto na primeira etapa.

No ataque, Kléberson mostrou muita personalidade e foi o melhor na armação. Ronaldo teve boas chances, mas fracassou nos primeiros 45 minutos. Já Rivaldo foi apagado.

A primeira grande chance aconteceu aos 18min. Depois de boa tabela no ataque, Ronaldinho tocou para Ronaldo, que chutou para fora

Aos 29min, novamente Ronaldinho deu o passe para Ronaldo, que invadiu a área, mas chutou desequilibrado e Kahn defendeu.

A jogada mais bonita do primeiro tempo aconteceu aos 43min. Kléberson dominou na entrada da área e acertou um belo chute de longe. A bola explodiu no travessão.

Aos 46min, Roberto Carlos chutou, a bola desviou e sobrou para Ronaldo. Ele bateu forte, mas Kahn defendeu com os pés.

A Alemanha voltou com força no segundo tempo e assustou logo aos 3min. Neuville cobrou falta de longe com muita força. Marcos espalmou e a bola ainda pegou na trave.

Depois de um pequeno sufoco, a Seleção voltou a dominar a partida - e chegou ao gol aos 21min. Rivaldo chutou de longe, Kahn falhou e deu rebote. Ronaldo só empurrou para as redes.

Aos 33min, Kléberson cruzou, Rivaldo deixou a bola passar e Ronaldo bateu firme, fechando o placar.

Antes de terminar, Ronaldo deu lugar a Denílson e chorou muito no banco, antes mesmo do apito final.
 

Redação Terra
Mais Notícias
Felipão deve seguir no comando da Seleção?
Sim, só com ele trazemos o hexa
Não, o Brasil ganhou, mas não jogou bonito




 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2004,Terra Networks, S.A Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central de Assinate | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade